Conheça Mais sobre Vinhos
Adega do Vinho
O vinho e o barril

O uso do barril de carvalho para fermentação e/ou amadurecimento do vinho é mais comum nas variedades tintas. Porém, alguns brancos (como os de Chardonnay, Sauvignon Blanc e Sémillon) também podem se beneficiar bastante de um estágio em madeira, desde que este seja feito com moderação para que os aromas e sabores da uva não sejam atropelados pelo carvalho.

O tipo de barril mais usado para a etapa de amadurecimento do vinho é a barrique, de 225L. Depois que o produtor decide qual carvalho vai empregar (geralmente, francês ou americano), é preciso escolher qual o grau de torrefação do barril – leve, médio, ou forte. Quanto mais tostado o barril, maior será a influência do carvalho no produto final.

Outro fator que também faz com que a influência da madeira nos aromas e sabores do vinho seja maior ou menor é o barril ser ou não de primeiro uso. Um barril novo dá muito mais caráter de carvalho ao vinho do que um barril já usado previamente.





Conheça Também:

Imigrantes Bebidas
Clã do Whiky
Vodkas.com.br
cervejanacionaleimportada.com.br
Bebidaebebidas.com.br
Alambique da Cachaça
Absintos.com.br
9112664